Posts com a tag ‘mídias sociais’

21

mai

2013

Decisões da nova era

Por Tatiana Aoki – 13.499 Comentários

Essa imagem é antiga - nota-se pelos modelos de celulares...Imagina como está hoje?

Faz muito  tempo que não escrevo aqui. Seja por estar finalizando a dissertação de mestrado e o trabalho, seja pelas reflexões que pairam sobre o meu futuro.

Bem, a verdade é que, diante dos fatos, não posso mais negar que as mídias sociais são o direcionamento de minha carreira. Nesse quesito, noto o quanto as mudanças cotidianas são cada vez mais drásticas:

1)   Deixamos de postar em blogs para opinar diretamente no Facebook;

2)   As empresas não criam mais sites, e sim, páginas nas redes sociais;

3)   Ninguém presta atenção em nada ao redor, de tão vidrados no Face, Whatsapp e games;

4)   Pessoas absolutamente relutantes e céticas em relação a redes sociais resolveram criar um perfil no “Face”.

Bem, acho tudo isso muito interessante, mas…Esse movimento acontece no Japão há mais de quatro anos. Na época em que morava lá, pensava: “Será que os brasileiros um dia ficarão assim, só olhando para suas telas de celulares? Não, acho que no Brasil seria meio perigoso essa distração toda”. Ledo engano.

Hoje, no metrô, observe: estamos todos vidrados nos celulares e tablets.

Noto também que meu comportamento mudou: li meus últimos livros no Kindle e não senti nenhuma diferença – pelo contrário, achei até melhor, porque os  “livros” ficam mais leves.

O meu ultimato se deu no domingo de manhã, quando li a Folha no tablet. Sempre acreditei que a coisa mais gostosa do mundo era ler jornal impresso após tomar café da manhã. E, não, lá estava eu, lendo no tablet porque estava com preguiça de comprar o jornal na banca.

Pois é, essas e outras constatações me fizeram confirmar que devo continuar minha trajetória profissional em mídias sociais, que começou com um blog e um perfil no Orkut em 2004, passou pelo Face em 2007 e, hoje, fico pensando qual será a próxima galinha de ouro digital.

Por outro lado, acredito que minha pesquisa – alimentação – também seja um assunto extremamente atual. Mas, considero-a ainda um movimento de influência menor, pelos motivos a seguir:

1)   o governo não quer mexer no vespeiro da indústria alimentícia e farmacêutica;

2)   frequentemente, as pessoas não querem mudar os hábitos e deixar de comer coisas que nem podem ser chamadas de comida;

3)   no Brasil, comida não é tanto questão de escolha, mas, necessidade. Por isso, a dificuldade em mudar.

Enquanto tomamos leite com uréia em nossos pacatos cafés da manhã, mudamos diariamente nossos hábitos de nos comunicar e interagir. Só observo – e me divirto. Compartilharei esse post no Face, claro.

Obs: pretendo mudar radicalmente este blog – principalmente pela invação de spams nos comentários e, claro, pelo fato de este blog estar velho em  todos os sentidos. No segundo semestre, novidades ;D